:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

 

PADRE GABRIELE  AMORTH

Famoso Exorcista da diocese de Roma.

 


 
O Divino Espírito Santo.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

CONFISSÕES DO INFERNO
AO MUNDO CONTEMPORÂNEO

5. EXORCISMO EM 12 DE JANEIRO DE 1976. 

E – Exorcista.

J – Judas Iscariotes.

(Contra Veroba, demônio do coro das Potestades)

E - Comandamos-te, Veroba, em nome (...) que digas a verdade, tudo o que quer a Santíssima Virgem.

V - Mesmo os bons combatem os bons! Antigamente não era assim! Antigamente, os bons estavam unidos! Começou a loucura que vai alcançar o máximo! Mas tudo se tornará pior.

E - Continua, em nome (...)

V - Atualmente, os homens já não se debruçam sobre a Sagrada Escritura. Aliás, por toda a parte a apresentam de modo diferente, ou seja, deformada, organizada de outra forma, traficada para agradar a cada um. Só se deveria defender a Sagrada Escritura não falsificada, a antiga, a boa. O resto provém de combinações e pode-se dizer que está envenenando.

E - Continua a dizer a verdade (...)!

V - A Grande Senhora, quer salvar todos os que puder. O mundo está tão pervertido, que Ela já não pode salvar as almas em massa. No entanto, Ela quer ainda fazer tudo o que puder. Ela ama os seus filhos, ama-os mais do que merecem muitos deles.

E - Continua a dizer a verdade, em nome (...)!

V - Se nós ainda pudéssemos ser amados com um décimo desse amor (geme horrivelmente)! Ela ama os seus filhos, como só uma Mãe os pode amar. Esta é a razão porque é preciso que muitos homens bons, leigos, tomem consciência de que é necessário rezar e também sofrer pela salvação das almas, que de outro modo se perderiam ou se afundariam ainda mais nos caminhos da perdição. A confusão é de fato terrível, mas ainda virá a ser pior. No entanto, deveis fazer o que Ela quer!

E - Que é que a Santíssima Virgem quer? Fala, em nome (...)!

V - Quer que persevereis neste caminho e não vos desvieis dele um milímetro sequer, mesmo que o diabo ataque com todo o seu poder.

E - Diz a verdade, diz o que tens a dizer da parte da Santíssima Virgem e em nome da Santíssima Virgem!

V - Consolai-vos com o Papa: ele sofre ainda mais que vós. Há muito que ele deseja que tudo chegue ao fim. No entanto, terá de continuar a rezar e a fazer sacrifícios. Vós deveis dar-lhe o vosso apoio. Os leigos têm também de colaborar. Neste momento é absolutamente necessário um maior discernimento para examinar todas as idéias, mesmo as melhores, pois cada um julga-se na posse da melhor idéia, mesmo quando falsa.

E - Continua a dizer a verdade Veroba, diz o que a Santíssima Virgem te encarregou de dizer! Tu não tens o direito de mentir!

V - Se Ela não estivesse no Céu e se pudesse desencorajar, há muito que teria cruzado os braços. Mas Ela é paciente, infinitamente mais paciente do que todos os homens juntos... Oh, se Ela ainda pudesse exercer esta paciência conosco! (geme horrivelmente). Nós, os do inferno, já deixamos de ter esperança. A única coisa que nos resta agora é fazer revelações para vós. Ah! Como é horrível termos de revelar agora, o que não desejaríamos.

E - Continua a dizer o que tens a dizer, em nome da Mãe de Deus!

V - Em breve, Jesus Cristo já não estará presente em todas as Missas. Mesmo agora, Ele já não está presente em todas. Há muitos Sacerdotes que já não acreditam na presença sacramental de Cristo, pela Consagração. É lamentável! A Missa deixa de ser fonte de graças e quando ainda o é, é-o de muito poucas! Se todos aqueles que se dizem Padres celebrassem convenientemente a Missa - a Missa de Pio V - o mundo mudaria dum modo extraordinário.

Infelizmente, não é esse o caso. Por isso, continuamos a insistir junto dos Cardeais, dos Bispos, dos Sacerdotes e, por fim, dos leigos. Um Cardeal, um Bispo ou um Padre, continua a ser muitíssimo mais importante que um leigo, pelo menos para nós.

E - Veroba, continua! Diz o que tens a dizer da parte da Santíssima Virgem, em nome (...)!

V - Se Ela, a Poderosa, ainda pudesse chorar, - Ela pode-o nas suas Aparições se Ela ainda pudesse chorar no Céu, a terra inteira ficaria inundada com as suas lágrimas. Ela ainda tem piedade destes miseráveis vermes da terra.
Ela tem compaixão deles e volta a chamá-los, tenta retê-los, mas os homens já não A querem ouvir.
Como cegos, deixam-se enredar nos fios dessas marionetes, que apenas são os nossos cartazes publicitários. Mas as pessoas não se convencem disso. E essa é a nossa grande vantagem!

E - Continua a dizer a verdade Veroba, em nome (...)!

V - Mesmo Judas, com a sua traição odiosa, não foi tão mau como muitos Sacerdotes dos tempos de hoje. Judas não agiu ocultamente. Ele sentia que Jesus estava ao corrente do seu pecado. Então arrependeu-se, atirou os 30 dinheiros para o Templo e disse: “Entreguei sangue inocente.” Haverá um Sacerdote da nossa época que procede assim? Os Sacerdotes de hoje são muito piores. Nenhum se arrepende do mal que comete. É como uma doença contagiosa. Estão infectados até à medula, mas ajudam-se uns aos outros para que tudo permaneça camuflado. Mas durante quanto tempo ainda? No dia em que a verdade vier ao de cima, a vantagem será então da Igreja e não nossa. O papel representado pela Igreja até aos nossos dias, não pode ser atirado fora ou posto de lado como um par de sapatos velhos e usados, ou um gibão cossado que tem de ser remendado!

E - Continua a dizer a verdade, em nome da Santíssima Trindade!

V - É triste para a Poderosa e para o Céu ver que tantas almas boas, que Ela ama, que andavam de mão dada com o Céu, estejam agora paralisadas.
Muitos já não sabem o que devem fazer no meio de tanta confusão. Surge assim o perigo de, insensivelmente, enveredarem pelo caminho do erro. É por isso que eu, Véroba, tenho que dizer o seguinte: “Deveis rezar muito ao Espírito Santo. Nunca se reza em demasia ao Espírito Santo.”

E - Continua a dizer a verdade Veroba! Diz tudo o que tens a dizer da parte da Santíssima Virgem!

V - Não o queria dizer! Já não quero dizer mais nada!

E - Tens que revelar tudo, da parte da Santíssima Virgem e em nome da Santíssima Trindade!

V - Ela manda dizer: “Não desespereis, mesmo que os justos errem por vossa culpa.” Jesus sempre disse: “Virão tempos em que aqueles que vos matarem pensarão estar a render culto a Deus.” Esses tempos chegaram. Não sereis mortos agora, muitos já o foram, mas vós não. É preciso que suporteis algumas perseguições. Mas ainda virão tempos piores. Esta situação talvez já não dure mais dez anos. Nós próprios não o sabemos ao certo. Só sabemos que já não falta muito.

O próprio Cristo disse: “Vós não sabeis nem o dia, nem a hora, em que virá o Filho do Homem.” Estas palavras valem não só para o fim do mundo, como ainda para os Castigos! Referem-se ainda aos castigos e também à morte de cada homem em particular.

O Aviso está incluído no castigo. Não será nada ligeiro. Com o Aviso começará o Castigo - será, por assim dizer, a primeira parte do Castigo.

E - Diz a verdade, Veroba, diz o que tens a dizer, mas só a verdade!

V - Esta situação já não durará mais dez anos. Segundo as nossas contas é bem possível que o Aviso..., mas como disse atrás, nós, no inferno, não o sabemos ao certo* (rosna horrivelmente). As muitas orações dos fiéis têm evitado o Castigo. De fato, é paradoxal continuar a rezar, pois com o retardamento do Aviso e do Castigo, a confusão aumentará. Apesar disso, tereis de rezar muito. A Virgem assim o quer, porque assim há muitas almas que ainda se poderão salvar (grita horrivelmente) .

* Efetivamente só Deus conhece o futuro. Os demônios e almas condenadas só podem fazer previsões, mais ou menos fundamentadas, sobre os acontecimentos futuros.

> Continua na parte VIII

 

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças