:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

 

PADRE GABRIELE  AMORTH

Famoso Exorcista da diocese de Roma.

 


 
O Divino Espírito Santo.

www.obradoespiritosanto.com

 

CONFISSÕES DO INFERNO
AO MUNDO CONTEMPORÂNEO

6. EXORCISMO DE 5 DE FEVEREIRO DE 1976.

E – Exorcista.

J – Judas Iscariotes.

(Contra Allida, demônio do coro dos Arcanjos)

A VIRTUDE E O VÍCIO

E - Diz a verdade, Allida, em nome da Santíssima Trindade!

AL - Nós estamos agradecidos aos lá de cima, por o dia do Castigo ainda não ter chegado. É que assim temos ainda mais tempo para atacar as almas. Eles lá em cima (aponta para o alto) têm tudo na mão. Nós, no inferno, receamos que o grande Aviso apareça em breve.

E - Diz a verdade em nome (...)!

AL - Já desistimos de pensar nisso...

E - Diz a verdade em nome da Santíssima Virgem e em nome (...)!

AL - Porque todos os sinais que apareceram agora no mundo inteiro, no Clero, na natureza, falam nesse sentido, nós tememos que... Que é que pensam? Nós conhecemos também o que está escrito no Apocalipse.
E se fizermos comparações, qualquer burro terá que admitir que chegamos a esse tempo, só com alguns pequenos sobressaltos, porque Aqueles lá em cima ainda têm piedade.

E - Diz a verdade, Allida, fala em nome (...)!

AL - Temos que dizer, porque Eles lá em cima o querem: “Não percais a cabeça, sede firmes como o granito e duros como o ferro e o diamante, praticai o bem passo a passo, segui a tradição. O novo já se vê aonde leva.
Muitas crianças, por exemplo, estão tão avançadas que já sabem tudo sobre sexo, mesmo antes de largarem as fraldas... Metem-lhe essas coisas na cabeça de tal maneira que com cinco ou seis anos já têm o crânio cheio dessas coisas. Há mesmo instituições como jardins-infantis, escolas, etc. que não sabem fazer nada melhor ou mais inteligente, que meter o sexo à força na cabeça das crianças. E que se passa com os jovens na puberdade?

Os pais não sabem o que fazer. Mal ousam falar com o Sacerdote e junto dele manifestarem-se contra esta educação. Dizem para consigo: “Ele é Padre, sabe o que faz” (rosna). A juventude já está pervertida mesmo antes de se agüentar nas duas pernas. Assim, a última e a ante-penúltima gerações, jamais darão verdadeiros soldados de Cristo, a não ser que se faça uma mudança completa da situação.

Os jovens estariam melhor em campos de concentração do que em certos centros educacionais, que mais não fazem do que lhes inocular o sexo como um veneno. E tudo isso é feito com um sabor a cristianismo moderno, que aparece como complemento.

Em Sodoma e Gomorra tudo era mais visível. Nesses tempos, a perversão não era assim inoculada gota a gota (rosna). De fato, em Sodoma e Gomorra a situação era grave, mas eles sabiam que pecavam. Sentiam-no.

As crianças de hoje, muitas vezes, já nem sabem que pecam.
Só demasiado tarde é que se dão conta de que foram precipitados para o pecado. Os grandes responsáveis por essa situação, os Padres, professores e educadores, não sabem senão dum modo confuso que têm culpa na sua maneira de agir. Escutam às vezes a voz da consciência, outras vezes pensam que é o Espírito Santo.

E - Em nome da Santíssima Trindade, da Imaculada Conceição, de Nossa Senhora do Monte Carmelo, do Santo Cura d'Ars e de Catarina Emmerich, continua, diz o que tens a dizer! 

AS ORIGENS DO PROTESTANTISMO

AL - Jamais reinou uma confusão tão grande como agora! No tempo da Reforma deu-se uma crise muito grande, mas o que se passou então foi sobretudo uma cisão no seio da Igreja. Os bons continuaram do bom lado e os outros passaram simplesmente para o Protestantismo. Mas os luteranos desse tempo eram ainda melhores do que os maus católicos de agora. Foi, então, para a Igreja uma grande crise, mas agora a situação é mais funesta. Então, as pessoas, mesmo os protestantes, tinham consciência de terem agido mal.

Quando se dividiram em três grupos, Lutero, Calvino, Zuínglio compreenderam bem depressa que aquilo não poderia ser a verdadeira Igreja, pois estes três homens viviam em conflito entre si. Tinham consciência de que o catolicismo estava em crise, no entanto verificavam que pelo menos os bons tinham por eles a unidade. De boa vontade arrepiariam caminho, pelo menos Lutero, mas já era demasiado tarde.

Nós (aponta para baixo) já o tínhamos bem preso.

E - Em nome (...) diz o que tens a dizer, Allida!

AL - Fomos nós que inspiramos Lutero e foi o velho (lúcifer) que se encarregou de Zuínglio.* Era preciso que fosse o velho a fazê-lo, até ele alcançar o vigor de uma planta rija, que cresce como erva daninha (rosna malicioso). Nem sequer precisa de muita chuva. Como se sabe, o mal desenvolve-se muito mais depressa do que o bem. Pulula de todas as maneiras e só dificilmente se pode conter.

O bem é sempre mais duro e mais difícil. O bem não cresce com tanta facilidade e mesmo quando cresce, e o interessado pensa que já subiu bem alto, pode de repente precipitar-se lá do alto da montanha e ser obrigado a recomeçar do zero.

O mal, ao contrário, cresce e pulula como a erva daninha, sem sofrer qualquer dano. Sobe e cresce e ninguém o pode deter. A perversão assemelha-se a uma montanha sinistra., que tudo obscurece, tudo corrompe, tudo sufoca e infecta. Quando o mal se instala, assemelha-se a uma epidemia, que contamina multidões inteiras.

Pelo contrário, a virtude tem grande dificuldade em crescer. Não é tão fácil, tão atraente, tão espalhada. Mas nós não queremos falar disto! É horrível ser obrigado a dizer estas coisas (rosna furioso)!

* Contemporâneo de Lutero, assumiu posições mais radicais e “ultrapassou” Lutero na maior parte das teses heréticas.

> Continua na Parte IX.

 

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças