:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

 

OBRA TESTEMUNHAS DA CRUZ - FRANÇA.

 


 
O Divino Espírito Santo.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

Orações ensinadas por JESUS à J.N.S.R.

 

> 1ª Oração – Oração de Misericórdia Divina.

> 2ª Oração - A Jesus Crucificado.

> 3ª Oração - A Mãe da Esperança. Rezar diariamente.

> 4ª Oração - Ao Santíssimo PAI Celeste.

> 5ª Oração - Jaculatória a Jesus e Maria.

> 6ª Oração - Jaculatória de São Miguel contra o inimigo infernal.

> 7ª Oração - À Rainha do Céu e da Terra.

> 8ª Oração - Ao Menino Jesus, rezar momentos antes da comunhão.

> 9ª Oração - Para pedirmos a Vinda da Jerusalém Celeste.

> 10ª Oração - Jaculatória de exaltação à Santa Cruz.

> 11ª Oração - Jaculatória para clamarmos a Sua Volta.

> 12ª Oração - Súplica ao PAI Celeste.

> 13ª Oração - Ao Coração trespassado pela dor e ao trespassado pela lança.

> 14ª Oração - Consagração aos Dois Corações.

> 15ª Oração - De Exaltação a Cruz Gloriosa.

> 16ª Oração - A Maria Mãe da Igreja.

> 17ª Oração - O Louvor a DEUS PAI.

> 18ª Oração - Súplica à Santa Mãe de DEUS.

> 19ª Oração - Súplica de Perdão a DEUS. (Fortíssimo ato penitencial)

> 20ª Oração - Jaculatória para cantarmos quando sentirmos medo.

 

Locuções interiores à J.N.S.R.

 

> O oitavo dia.

> O Coração de Jesus.

 

 

 

Orações e Orientações na Obra

“Testemunhas da Cruz, na França”.

        

Na França, filha mais velha da Igreja fundada por CRISTO, conforme tem afirmado os Céus, em suas revelações das últimas décadas, ocorreram duas grandes Manifestações, a partir da segunda metade do século XX.

 

A primeira foi o pedido da Cruz Gloriosa de Dozulé, com mensagens e visões a humilde e simples dona de casa, Madalena Aumont, de 1972 e 1978. Essa porta-voz de nosso Senhor Jesus Cristo, já falecida, teve sempre, junto a ela, a companhia do pároco de sua cidade, que a amparava, orientava e investigava detalhadamente, o desenrolar dos fatos. Todos os escritos e visões que recebeu, durante seis anos, encontraram-se em poder de sua Diocese e sob responsabilidade dos respectivos bispos, no decorrer dos anos.

 

         A segunda Manifestação, a que nos referimos anteriormente, iniciou-se, propriamente dita, ou seja, com mensagens para divulgação pública, em 19 de outubro de 1988, dez anos após o encerramento das Revelações públicas a Madalena Aumont, em Dozulé. O instrumento agraciado, também é outra dona de casa, que, porém suplicou a nosso Senhor Jesus Cristo, o único e verdadeiro proprietário de Suas Obras, para ficar no anonimato, porque ela era apenas a caneta na santa Mão de seu Senhor, anotando tudo o que Dele ouvia.

 

Esse fenômeno na teologia mística é denominado locução interior, e não tem absolutamente nada a ver com espiritismo, pois esse último, está muito claro na Bíblia, não vem de Deus, do Céus.

Na locução interior o ESPIRITO SANTO apenas fala no íntimo da pessoa, não se apossando dela. A pessoa continua lúcida, consciente, tranqüila e pode interrompê-la no momento em que desejar. Diferentemente do que ocorre no espiritismo, pois nesse caso um espírito perdido, atribulado, invade o corpo do infeliz e se apossa do ser e de seus sentidos. Caso típico de possessão diabólica.

 

Deus respeita o livre arbítrio de seus amados e caros filhos. Satanás e seus sequazes não, invadem e se apropriam do que não é deles. Um detalhe decisivo e definitivo, para afastar toda e qualquer dúvida, demonstrando claramente serem situações antagônicas, espíritos opostos, ou seja, um dos Céus, o Santo; e o outro do inferno, o demônio.

Medite e conclua você mesmo: Na locução interior, quando o instrumento do Céus está recebendo a mensagem, a pessoa está plenamente normal, calma, tranqüila, de olhos abertos olhando a folha e anotando da esquerda para a Direita, seguindo as linhas do caderno. Já no espiritismo quando a pessoa está anotando, chamando psicografia, pelo fato dela ter sido invadida, apossada em seu íntimo, ela encontra-se tensa, de olhos fechados, muitos até tampam os olhos com uma das mãos, não olham a folha, e vão sendo conduzidas às cegas.

Agora o mais importante, prestem atenção: Ela escreve para trás, ou seja, da direita para a esquerda! No tempo dos nossos avós, um dos apelidos de satanás era o... “canhoto”! Se depois de tudo isso que exaustiva e detalhadamente, explicamos, você ainda tem dúvidas, não se convencem, só posso exclamar: “Que Deus tenha misericórdia!”

 

         Mas voltando a segunda grande Obra do Céus, na França, iniciada em 1988, a mesma ainda tem continuidade até hoje, após 20 anos. Recebeu o nome de “Testemunhas da Cruz”, do próprio Senhor Jesus, e Sua escolhida foi identificada pela abreviatura de palavras representadas pelas seguintes letras J.N.S.R. que em francês significam: Je Ne Suis Rien (Eu Não Sou Nada).

 

         Nosso Senhor também revelou a J.N.S. R. que essa Obra, apesar de ser uma outra, nova continuaria os apelos, as motivações e razões de Dozulé. O sacerdote que primeiramente acreditou, se manifestou publicamente e tornou-se diretor espiritual de J.N.S.R. foi o Frei Franciscano Christian Curty O.F.M, exorcista da Arquidiocese de Marselha. No prefacio da publicação do primeiro livro de Mensagens recebidas, Frei Christian encerra com as seguintes palavras:

 

         “(...) Feliz aquele que tem olhos para ver e ouvidos para ouvir o que, neste Fim do Tempo das Nações o Espírito diz às Igrejas. Infelizes daqueles que, tendo olhos não vêem e tendo ouvidos não ouvem (Is. 6,9 e Jô 9,35-41). Mas mais infelizes ainda aqueles que extinguem o Espírito e desprezam as Profecias, sem mesmo lhes examinarem o conteúdo, a origem e o instrumento (1 Tes 5,19-21) ou que, à maneira do sacerdote Amasias, dizem ao enviado do Senhor: “Vai profetizar para outro lado, mas aqui, cala-te!” (Am 7,10-17).

 

         Aqueles, pois, que receberam a Graça de acreditar no mistério da Cruz Gloriosa, que rejubilem. Porque as Mensagens que se seguem e a quem o próprio Jesus deu o título de “Testemunhas da Cruz”, confortá-los-ão na sua fé. E delas tirarão força de Alma, luz e alegria. Mas não esqueçamos o essencial! O que Jesus espera de nós é o nosso sim completo, não tanto a estas Mensagens e às Manifestações de Dozulé, mas à nossa conversão ao Seu Evangelho, de que estas Mensagens e os Fatos de Dozulé não são senão o eco e a atualização, nestes tempos que são os últimos.

 

         “Não hesiteis mais, a hora é grave, estais avisados... Vigiai e orai... pois eis que Eu venho”. (Mensagem de 18 de setembro de 1990.)

        

No início dessa Obra nosso Senhor Jesus Cristo passou duas mensagens esclarecendo detalhadamente o tempo que vivemos. A primeira foi em uma sexta-feira, 09 de junho de 1989, sob o título: O OITAVO DIA...

 

         A segunda, no dia 11 de novembro de 1989, com importante oração no início, que precisa ser destacada, com o seguinte título: O CORAÇÃO DE JESUS...”

 

 

 

Outras orações ditadas nessa importante Obra:

        

>>  Em 27 de novembro de 1989, durante Manifestações da Santíssima Virgem MARIA, Ela ditou o Oração à seguir, para diariamente dizermos a nosso Senhor:

 

2.

“Doce Jesus crucifixado!

Perdão por todos os nossos erros passados, presentes e futuros;

Perdão por todo o nosso egoísmo;

Perdoa por todos os nossos irmãos”.

 

Em seguida, manifestou-se nosso Senhor Jesus Cristo e disse:

“Recitarás, todos os dias, esta Oração a Minha Doce Mãezinha”:

 

3.

“Mãe da Esperança, Senhora Misericordiosa, Mãe do Emanuel, Jesus não deve chorar.

Senhora dos Anjos, ajudai-nos à consolá-Lo, sobretudo tornando-nos melhores, perfeitos, generosos.

Mãe do Divino Amor, Mãe Amadíssima, amai-nos no Coração do Vosso Divino Jesus”.

 

 

>>   Em 07 de maio de 1990, pediu Nossa Senhora:

“Minha filha, tende sempre em vós pensamentos de amor e Orações de Amor. Eu amo a todos os Meus filhos. Diz-lhes que compreendam a necessidade de fazer bem o seu trabalho cotidiano e, em cada dia que Deus lhes conceda, que dêem um lugar à Oração, ao Nosso Pai dos Céus”:

4.

“Santíssimo Pai, daí-nos o pão de cada dia, necessário à vida de cada um de nós.

Sapientíssimo Pai, dai-nos o Amor da Partilha

e de pensar nas necessidades do Irmão,

antes que a nossa própria boca se sacie.

 

Ó Pai Amadíssimo, dai-nos um coração

que se assemelha ao do Vosso Divino Filho:

Doce, Amoroso, Obediente.

 

E fazei, ó Pai de toda a Bondade,

Que todos os Vossos filhos Vos Reconheçam

e Reconheçam o vosso Bem-Amadíssimo Filho

no irmão que Vós Próprio puserdes no nosso caminho.

Pai, ensinai-nos também a jamais nos separarmos de MARIA, a nossa Bem-Querida Mãe.”

 

>>  No dia 03 de setembro de 1993, festa de São Gregório Magno, Papa, a despedida de Nosso Senhor, na Mensagem, forma uma linda jaculatória:

5.

“JESUS, MARIA, nossos Amores unidos na SANTÍSSIMA TRINDADE, Rogai por nós!”

 

 

>>  A despedida de São Miguel Arcanjo, na mensagem de 29 de setembro de 1993, também é uma forte jaculatória do Príncipe da Milícia Celeste, demonstrando Sua eterna Vigilância, em Ordem de Batalha, contra o infernal inimigo:

 

6.

“Por Jesus, por MARIA, pela SANTÍSSIMA Trindade! Amém”.

 

 

>>  Na mensagem de 17 de novembro de 1993, nosso Amoroso Jesus deixa-nos uma Oração:

7.

“Rainha do Céu e da terra, intercedei, com os Vossos Santos Anjos, para dar-nos a paz de Deus.

São Miguel, vinde em nosso auxilio.

Rainha dos Anjos, Soberana do gênero humano, colocamos o mundo nas Vossas Mãos”.

 

 

>>  No encerramento da mensagem de 20 de novembro de 1993, nosso Salvador passou uma Oração que deve ser dirigida a Nossa Senhora, momentos antes da Comunhão: “(...) Para o seu Menino Jesus, que desce aos vossos corações, continua Ela, ainda hoje, a retirar as palhas duras e a cobrir de doçura os vossos “bercinhos” para me acolher. Pedi-lhe em cada Comunhão”:

8.

“Mãe Santíssima, fazei o meu coração digno de receber o Vosso tão doce Filho.

Afastai toda a amargura e todos os pensamentos que podem embaraçar meu coração.

Fazei que ele se pareça com a Morada onde Jesus nasceu. Permanecei a meu lado, Mãe Santíssima, que eu tenho necessidade da Mãe Dulcíssima e do Filho Redentor, meus dois Amores, unidos no meu coração. Amém”.

 

 

>>  Oração ditada por Nosso Senhor, na mensagem de 01 de março de 1944 (à noite), para pedirmos a Vinda da Jerusalém Celeste, na instituição de Novos Céus e Nova Terra:

 

9.

“Ó Deus, que eu adoro, vinde depressa!

Os vossos eleitos vo-Lo pedem.

Não mais deixeis as nossas bocas secas, pois nós queremos beber da Vossa Fonte.

Não mais deixeis secos os nossos corações, que nós queremos viver do Vosso Amor.

Não mais deixeis fechados os nossos olhos, pois nós queremos abrir todos os nossos sentidos ao Vosso perfeito Conhecimento.

Dai-nos, Senhor, o Dom do Discernimento, pois nós não queremos adorar, senão um só Deus, vós, Nosso Deus Único e Verdadeiro, em Suas três pessoas:

__ Glória ao PAI que nos Criou,

__ Glória ao FILHO que nos Salvou,

__ Glória ao ESPÍRITO SANTO que nos Santificou”.

 

 

>>  Jaculatória de exaltação à Santa Cruz, ditada por nosso Senhor Jesus em 02 de março de 1994:

 

10.

“Glória! Glória!

Glória aquela que trouxe

os Meus sagrados Membros.

Três vezes bendita,

Três vezes glorificada pelo Deus Imortal,

o Pai, o Filho e o Espírito Santo”!

 

 

 >>  Na mensagem de 17 de junho de 1994 o Senhor dita outra jaculatória, agora para clamarmos a sua volta:

11.

“Eu amo-Vos, vinde depressa, Senhor Jesus, por todos os que se afastam de vós, Vinde!”

 

 

>>  Em 26 de dezembro de 1995, antes de ditar a Oração que gostaria, seguidamente, de receber de seus filhos e filhas, o Senhor Jesus fez um justíssimo desabafo:

 

“...Muitas vezes, as Minhas almas afastam-se de Mim por algum tempo, demasiado preocupadas com mil coisas da vida; mesmo a pensar que DEUS existe, esquecem-se de vir ao encontro do seu DEUS, deixam-Me só... EU espero pelas suas confidências; e sinto-Me abandonado como o Amigo Fiel com o qual se conta e que jamais se esquiva; mas não se vem ao Seu encontro senão quando uma pena, um dissabor, uma dificuldade surge de repente; e então; a necessidade de O ver, de LHE falar, de se confiar a ELE, passa a ser uma urgência, porque só esse Amigo Fiel vos sabe ouvir, vos sabe escutar, vos sabe compreender e ajudar.

Por que esperais vós precisamente por esse último momento para vir a Mim?

Não Sou EU a própria promessa do vosso verdadeiro e único Amor?

Não Sou EU esse Irmão que vos ama, a ponto de morrer por vós?

Não Sou EU o vosso único socorro, que vem a vós sem vos impor condições, mas simplesmente porque DEUS vos ama?

 

DEUS Ama a vossa companhia. ELE é o Amigo Fiel no desespero, na pena, na dor, como na alegria.

ELE é o Consolador Irrepreensível. Ele é o PAI que reúne todos os Seus filhos. ELE mesmo os tira da angústia, Ama-os e Consola-os, tais como são. Está com o ingrato, nos momentos de fraqueza, está com o arrogante, nos seus momentos de solidão. Está com o desgarrado, que anda às apalpadelas, para reencontrar a Luz. EU venho ao encontro de cada um de vós e abro, para cada um, a porta do Meu Sagrado Coração, porque EU Sou o Divino Sagrado Coração.

Eu aguardo, Minha filha, e tu sabe-o. Por que hesitas em vir a Mim? Eu sei que Me amas, mas não o dizes tantas vezes quantas EU desejaria ouvir-te dizer-Me:

12.

“Pai! Eu amo-Vos. Estou ferido e as minhas forças perco-as, à força de tanto chorar. Tomai-me no Vosso Sagrado Coração, ó Meu PAI de Amor, porque eu temo o pior para a minha alma demasiada infeliz, que se vê num desprezo total, ignorada mesmo pelos seus...”

 

(...) E então, Minha (Meu) filha (filho) querida (o), EU próprio te digo baixinho: Vem, Eu estou presente e podes dizer-Me tudo. Afasta esses pensamentos do teu coração, mesmo que a tua pena seja pesada. EU próprio te ajudarei a compreender tudo e a tudo aceitar. Mas escuta-Me: Haverá maior dor que a de tua Mãe querida?

Todas as portas Se fecharam à Sua frente, e isso mesmo aconteceu já nessa noite em que Ela esperava o Nascimento de Jesus, teu Salvador Bem-Amado. E depois, dia-a-dia, transpunha os passos do Seu Calvário. Veio o dia em que Seu Filho querido lhe anunciou a Sua partida. E ela viu-O partir ao encontro dos irmãos ao encontro de multidões desconhecidas: “Não sabeis, Minha Mãe Bem-Amada que tenho de ocupar-Me das coisas de Meu PAI”?!

 

Vê, filha, a dor da Mãe do Divino Amor, separada de Seu Filho, temendo cada vez mais a grande separação, na medida em que tua Mãe bendita guardava em Seu Coração esse pungente Mistério que Simeão Lhe revelou. E por isto esta doce Mãe, quando o momento chegou, estava já perfeitamente preparada para a grande oferta de Amor, que fez d’ela a Mãe das Dores, junto à Cruz, e vossa  Mãe, porque DEUS se desejava Irmão da multidão.

E DEUS abriu-Lhe o Coração, o Seu Coração de Mãe, a fim de que ELE (coração) pudesse conter todos os filhos, pequenos e grandes, que viriam a Ela, de todos os cantos da Terra, à procura de Jesus. Sim, todos os que viriam a Ela, à procura do Amor, do Amor que Salva, do Amor que cura, do Amor que alimenta. Ela passa a ser a Mãe dos homens, de todos os que viriam a Ela á procura da Vida, da verdadeira Vida, da Vida que Jesus deu na Sua Cruz de Amor, por cada um de vós.

 

Oh! Esta Vida de Amor dada à Cruz, em que o Coração trespassado pela dor e o Coração trespassado pela lança se uniram para sempre, a fim de ser o Refúgio de todos os corações dos homens:

 

13.

“Divino Sagrado Coração de Jesus

e doce Coração Imaculado e

Doloroso de Maria, sede o

Nosso Santo Refúgio!”

 

 

>>  Nosso Senhor Jesus Cristo em mensagem no dia 12 de fevereiro de 1996, ditou e deixou-nos três orações: Consagração aos Dois Corações, Exaltação a Cruz Gloriosa e a Nossa Senhora:

 

14.

“Santíssimos Corações de Jesus e de Maria,

Dai-nos a Vida, a Verdadeira Vida em Deus.

Recebei a nossa Consagração diária

aos Vossos Sagrados Corações Unidos.

Que os nossos Corações

estejam sempre inflamados

do Amor de Deus e do próximo.

Que os nossos corações se unam,

para vos amar ternamente,

agora e por toda a eternidade.

Que as nossas orações Vos sejam favoráveis,

a fim de obter todas as graças necessárias

à nossa Salvação e a Salvação de todas as

almas que nos são queridas sem esquecer

as Almas do Purgatório.

Santíssimos Corações de Jesus e de Maria,

sede o nosso refúgio,

Amém”.

 

15.

“Ó Cruz Gloriosa,

misticamente erguida em nossos corações,

Tesouro de santidade,

Glória do Ressuscitado,

Esperança dos desesperados,

Amor da SANTÍSSIMA TRINDADE,

Amor da Santíssima Virgem

Maria Imaculada

Amor dos filhos chamados

Fazei aparecer a Vossa Luz de Glória eterna,

A fim de que o mundo seja salvo

E reencontre, por fim, a sua

Verdadeira identidade”.

 

16.

“A Vós, Maria, Mãe da Igreja,

nós vos oferecemos as nossas orações.

Estamos reunidos diante de vós,

Mãe da Cruz Gloriosa,

Essa Cruz que traz n’Ela

o Mistério da SANTÍSSIMA TRINDADE,

o Mistério da Incarnação

o Mistério da Redenção”.

 

 

>>  A seguir, Oração de Louvor ditada por Deus Pai Criador em mensagem de 10 de maio de 1996:

 

“(...) Vinde, filhos, ajudar a Nossa Mãe, neste último combate que vos dará a Paz universal.

JESUS e MARIA dão-vos os Seus Corações Unidos. Consagrai-vos aos dois Adoráveis Sagrados Corações.

 Consagrai os vossos filhos, as vossas famílias, os vossos próprios inimigos. Consagrai o vosso País e todos os Países.

Rezai a JESUS, MARIA e JOSÉ, uni as vossas orações. Formai, todos vós, grupos unidos. Sede pequenas Joanas d’Arc, que dêem a vitória ao vosso Rei dos Céus. Combatei pela paz do mundo. Pegai no escudo da Fé e da Fidelidade a Deus. Armai-vos com o Santo Rosário, que é o terror dos demônios, pois é a poderosa Arma de MARIA Santíssima. Pedi-ME fortíssimamente pelo Vosso Papa. Vós não sabeis o valor das orações dos mais pequeninos, sempre que são dirigidas ao Vosso PAI dos Céus, com todo o vosso amor de filhos obedientes.

 

Segui MARIA, ELA sobre à Santa Cruz; por detrás d’ELA estão os filhos do Rosário e da Cruz.

Na Cruz Gloriosa vinde adorar JESUS Ressuscitado. A Bem-Aventurada Mãe põe-Se de joelhos, entre São João e São Pedro. Atrás deles estão todos os Consagrados, e eis como sobe, a uma só voz, o Louvor a DEUS PAI:

17.  

“Aleluia!

Louvai a DEUS no Seu Santuário.

Louvai a DEUS no firmamento do Seu Poder.

Louvai-O pelas Suas obras de valentia.

Louvai-O em toda a Sua Grandeza.

Louvai-O ao som da trombeta,

Louvai-O pela harpa e pela cítara.

Louvai-O pela dança e pelo tamborim.

Louvai-O pelas cordas e pelas flautas.

Louvai-O pelos címbalos sonoros

Louvai-O pelos metais triunfantes.

Tudo o que respira louve ao Senhor,

Aleluia”!

 

 

         >>  Em mensagem de 02 de junho de 1996, antes de ditar uma pequena, mas poderosa Oração de súplica a Sua santa Mãe, Nosso Senhor Jesus, disse:

 

         “(...) Obedecendo ao Apelo do Pai, Maria imobilizou as forças do mal. Deus desejou que o inimigo fosse vencido pela pureza nascida da Terra. Esta Terra que Deus fez tão bela, não podia receber o Seu Deus no seu leito nauseabundo, em que o pecado corrompeu o seu solo, até lhe alterar o próprio subsolo e as profundezas insondáveis.

         Só a pureza da Mãe de DEUS, pode lutar contra essas forças do mal, porque Maria recebeu da SANTÍSSIMA TRINDADE o poder de esmagar a cabeça de satanás, sob o seu pé Virginal. Esse mal, que há séculos arruína a Terra, só pode ser destruído:

__ no seu orgulho, pela Humildade de Maria;

__ no seu poder, pela Pobreza de Maria;

__ na sua perversidade e depravação, pela Pureza da Virgem.

 

         Toda Santa, que recebeu do Pai a Sua Divina Conceição.

         Ela é a Imaculada Conceição, que recebeu do Filho, o título de Mãe de Deus e dos homens.

 

         Ela é a Portadora da Vida, que recebeu do Espírito Santo a Glória de ser a Esposa de Deus: Morada do ESPÍRITO SANTO.

__ Maria traz a Glória do Pai no Seu Coração de Filha;

__ Maria traz o Coração do Filho no Seu Coração de Mãe;

__ Maria traz o Espírito de Santidade no Seu Coração de Esposa;

__ Maria traz a Santíssima Trindade no Seu Coração Imaculado:

18. 

“A Vós, ó FILHA de Sião,

Esperança do Povo de Deus em marcha,

a Santíssima Glória da SANTÍSSIMA TRINDADE está Convosco.

Fazei-nos conhecer depressa a Nova Jerusalém.

Mostrai-nos o Seu Reino”.

 

(Concluiu o Senhor:) Deus exalta os humildes que O esperam aos pés da Sua Cruz. A Minha mensagem é luminosa, pela Glória da SANTÍSSIMA TRINDADE. MARIA, a Bem-Aventurada Mãe de Deus. Amém.

 

 

         >>  No dia 07 de junho de 1996, primeira sexta-feira do mês, o instrumento do Céus, a caneta Celeste, J.N.S.R, recebeu uma mensagem sob o titulo “O Coração de Maria fala-vos por sinais”. Esse texto foi iniciado e encerrado pelo Senhor Jesus.

Na parte central falou-nos NOSSA SENHORA, deixando-nos um fortíssimo ato penitencial para purificarmos nosso coração perante Nosso Senhor, Salvador e Justíssimo Juiz.

 

JESUS:

         “Todos os instrumentos da Minha Dor na Cruz, é a Minha Santa Mãe que vo-los mostra em La Salette. (1) É a tortura de Jesus Crucificado, como Melânia a viu. Maria mostra-vos tudo isto, para que o não possais nunca esquecer. Com efeito, Ela mesma os trás verdadeiramente no Seu Doloroso e Imaculado Coração de Mãe do Divino Crucificado. Ela diz-vos:

    (1) Aparição de Nossa Senhora na França, em 1846. Foi reconhecida pela Igreja, e Dela referia-se o Papa João Paulo II como sendo: ”... o coração das Profecias da Mãe de Deus! Melânia foi a menina vidente de 15 anos.

 

MARIA:

            EU sofri com Meu filho querido, e vós que passais junto de Mim, contemplai, na Minha dor, o sofrimento do vosso Salvador. Vede quantas lágrimas de Sangue ele derramou por vós, que passais sem sequer O ver. Mas EU, EU velo para que nada disto, alguma vez, seja esquecido, através dos séculos até ao fim do mundo. Hoje, eu caminho convosco, e a vereda torna-se cada vez mais estreita, cada vez mais íngreme. Mas que importa a fadiga ou o sofrimento se, no fim do caminho, encontra-se Aquele que vos espera desde sempre: O Meu Jesus de Amor que vos quer unir a ELE pela Sua alegria, pelo seu amor e pelo Seu adorável perdão?

         De fato, Jesus vem adorável perdoar-vos.

 

Sim, Eu mesma vo-lo digo de novo, como em Pontmain: (2)

         “O Coração de Meu Filho deixa-se tocar... Rezai, Meus filhos!” Inflamai o vosso Rosário com o Fogo do Meu Amor, como nessa noite estrelada se acenderam as quatro lamparinas, ao lado da Mãe que tinha nas Suas santas Mãos a Cruz-vermelha, portadora do Meu Jesus-vermelho, coberto pelo seu sangue; Mártir dos vossos pecados. ELE mesmo se inclinava sobre o seu povo, para deter o fogo da guerra, como hoje se inclina para vós,filhos deste século (2).

 

         Com o Amor de Deus, a vossa Oração sincera poderá deter todas as lutas sangrentas, todas as impiedosas guerras: O Coração de Deus pode ainda deixar-se tocar. Rezai, Meus filhos, e Deus atender-vos-á. De joelhos, queridos filhos, pedi-LHE que vos lave de todos os vossos pecados. Esses pecados irão provocar-vos um grande horror, na medida em que ireis vê-los diante de vós, como juízes que vos atormentarão, a ponto de vos fazer gritar:

 

          19. 

           “Senhor, perdão! Eu choro amargamente o ter-vos feito sofrer tanto. Eu vejo, Senhor, onde os meus pecados me conduziram. Vejo, Senhor, o Vosso Corpo avermelhado e a Vossa morte na Cruz. Abri-me a Vossa Morada e, aos Vossos pés, caio de joelhos, para Vos pedir perdão. Vejo todas as minhas tentações, voluntariamente aceitas. Rejeito-as! Recuso-as! Não mais quero sucumbir! Aceitar, Senhor, a minha contribuição. Aceita, Senhor, o meu arrependimento!”

 

         (finaliza N. SENHORA) Depois dessa longa noite escura em que os vossos olhos terão visto e sentido o horror do pecado que levou Meu Filho, vosso Jesus de Amor até à Sua Santa Cruz, vereis então as Suas divinas. Chagas salvadoras. A Bondade de Deus é infinita. Ele mesmo-vos diz:

    (2) Na aparição de Pontaim, França em 1871, reconhecida pela Diocese em 1875, o povo rezou pedindo a Nossa Senhora intercessão para a guerra não chegar a região. A santa Mãe intercedeu, Deus atendeu e a guerra não chegou.

        

Jesus:

         Se é certo que vós Me feristes de morte, Eu dou-vos a Minha vida para vos salvar. Se vós Me transpassastes o Coração, EU abro-vos as torrentes da Minha Graça. Se vós Me cravastes os pés, trazei-Me no vosso Coração e Eu vos mostrarei o Caminho da Vida.

         As minhas Mãos cravadas passam a ser o amoroso que vos atrai, do oriente ao ocidente, à Minha Cruz que é, em verdade:

 

         EU, o vosso Divino Crucificado de Amor:

         EU, o Ressuscitado de Glória eterna.

         Passai, Meus filhos, pela Minha Cruz. Passai por Mim, porque ninguém pode ir ao PAI, sem passar pelo Seu FILHO. Ninguém pode ir ao FILHO, sem passar pelo ESPÍRITO SANTO, que habita Minha Mãe Santíssima. Hoje, dou-vos a MARIA, delicia de santidade do PAI eterno, repouso do todo poderoso. MARIA é a alegria do Céu. A Minha santa Mãe é a Minha Alegria. N’Ela EU vivi Filho do homem. Depois do Seu Sim, na Anunciação, Eu estou sempre em MARIA, como MARIA está em Mim.

         EU sou o FILHO que vive no PAI e o Meu próprio PAI vos confirmará que Deus, o Eterno, o PAI Todo-Poderoso vive em Seu FILHO, como o Espírito de Santidade vive em Nós e Nós n’Ele”.

 

 

         >>  Em mensagem de 23 de julho de 1990, dia em que se comemora sua festa de canonização, Santa Brígida passou a seguinte e bela jaculatória para cantarmos quando sentirmos medo:

 

20.

“Jesus é o meu Salvador.

Maria é a Estrela que me guia”

 

 

 

"O OITAVO DIA...”

Locução interior a J.N.S.R - Sexta.feira, 9 de Junho de 1989.

 

JESUS:

 

Nós somos TODOS Filhos de Deus, por Deus Pai, Senhor de todo o Universo.

Segundo a Santa Lei de Deus, que quer reunir todos os Seus Filhos em Cristo-Jesus, Seu Único Filho, nascido do Pai antes de todos os séculos, também vós sois TODOS chamados a entrar em Deus, como fez Jesus, na Sua Ressurreição, renovando o Ato de Amor que Deus Pai Criador pede a todo o Filho de Seu Seio.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo são unidos e formam apenas UM TODO ÚNICO. O Deus do Amor Trinitário está acima de TUDO, assumindo as regras do Tempo-Espaço, a fim de conduzir-vos ao Seu Lugar de Benção, para todos os Eleitos do Seu Sagrado Coração: o CÉU, onde reina a SANTISSIMA TRINDADE com MARIA, Aquela que recebeu toda a Graça das mãos do Salvador, Seu Filho Bem-Amado, por meio do qual todas as coisas foram criadas.

O Céu e a Terra estão cheios da Sua Santa Graça. Terminado o Repouso de Deus, o Tempo reentrará no CENTRO da Vida em Deus, que é o Princípio e o Fim de todas as coisas, assim na Terra como no Céu.

 

O OITAVO dia é o instante em que vós passareis desta vida para a Minha Vida, para a VOSSA VIDA, para a qual próprio Senhor vos concebeu, no Seu Amor de Pai.

A vossa Vida interior é de Deus. Como do Bem mais precioso, Ele vos pedirá contas dela, nesse OITAVO Dia, com Alegria, para a abençoar e vos voltar a dar aquilo que perdestes, durante a vossa peregrinação terrena.

Está dito que tudo deve regressar a Deus.

Uma vez que estamos no Tempo em que o domínio INFERNAL provoca TANTAS ruínas, mesmo entre os Eleitos, Deus fixou o Sua DATA; o Seu relógio parou, nesse instante escolhido pela Sua Santa Graça, em que TODOS reentrareis no instante em que Deus Se irá revelar MESTRE SUPREMO, derrotando o Mal.

Deus BOM, Deus FORTE, vos dará a Graça de fazer com que vos liberteis a vós mesmos desse TERRÍVEL inimigo, o qual toma aspectos tão diversos, que é quase impossível desmascará-lo, à medida em que avança o Tempo do vosso relógio.

Neste momento, É ÚTIL fazer SILÊNCIO nas vossas Almas: em CADA UMA delas foi depositado o Segredo de Deus. Ele Mesmo o reservou para o momento que ESTÁ PARA ACONTECER, a fim de que essa JÓIA escondida no fundo das vossas Almas seja DESCOBERTA, precisamente a tempo de enfrentar a Última Batalha.

 

"UMA BATALHA MONSTRUOSA...”.

 

Eu permitirei que "o Outro" atue ainda, para que possa concluir-se o Tempo que lhe é concedido pelo Altíssimo; e por isso nada o poderá limitar no seu furor que se tornará a última fase do Mal contra o Bem, com uma tal FORÇA que os próprios Céus tremerão, ao descobrir a astúcia do Inimigo.

Dos Céus, descerão então os Anjos que terão de combater, como na primeira Batalha, da qual São Miguel saiu Vencedor.

Esta Batalha será ainda mais MONSTRUOSA, uma vez que atingirá todos aqueles que se não podem defender, na medida em que já os contaminou. A luta será, pois, tão PODEROSA que a Terra TREMERÁ de pavor, não sabendo ninguém onde poder encontrar Refúgio e Consolação; de fato, os Bons não poderão suportar a perda dos Maus; e isso acontecerá mesmo nas famílias.

         APRESSAI-VOS a INFORMAR os Meus Filhos. Só o Santo Rosário e o Crucifixo nas mãos os impedirão de ser arrastados para o que ”o Outro” prepara ainda para o Último Fim.

 

“TEREIS UMA NOVA ARMADURA...”.

 

Um pouco antes, EU MESMO VOS ADVERTIREI, vos darei Força e Coragem, a jeito de uma nova armadura; sentir-vos-eis defendidos e sabereis que fui Eu, O VOSSO DEUS, quem passou a vosso lado. A vossa armadura apenas será VISÍVEL ao Meu Inimigo, que tremerá, ao ver-vos assim protegidos, e recuará diante de VÓS, os que Me servis lealmente.

Vós podereis salvar esses pobres Filhos desgarrados que atingiram o máximo limite desse "não regresso" a Deus.

Eu Próprio vos preparei já essa ARMADURA, e bem depressa vos Revestirei com ela. Cada um dos Meus Santos Anjos tem a Missão de vos revestir com ela e de oferecer-vos esse DOM, que não é apenas para vós, mas cairá sobre todos quantos vós mesmos aproximardes com Amor.

 

As forças do Mal revirarão o mundo inteiro como uma bacia que se entorna e, esvaziando-se, fará arrastar tudo, o que contém. Olhai, este mundo OSCILARÁ, como se a bússola de um navio enlouquecesse, sem mais obedecer à atração que a guia: assim se verão os Filhos da Terra.

Mas Deus não deixará toda a Terra revirada nesse CAOS; essa inclinação será muito acentuada nalguns lugares, enquanto outros serão preservados; como se, misteriosamente, o conteúdo de uma parte da própria bacia se mantivesse em suspensão durante todo o tempo desse pavoroso movimento cósmico que está na origem de tudo.

 

Foi o desregramento das coisas SÓLIDAS, que Deus pôs num PERFEITO equilíbrio que, pela FORÇA do Mal se desestabilizaram.

Contudo, este equilíbrio perdido será mantido nalguns lugares, que Eu Próprio susterei com, a Minha Mão: deste mesmo modo foi mandado parar o Dilúvio por Noé. Susterei o que irá ser salvo e os Meus Filhos queridos serão salvos pela Vida que Eu preparo: no Festim do Cordeiro para a Eterna Felicidade em Deus.

 

"UMA NOVA TERRA E NOVOS CÉUS...”.

 

Deus diz: "Esta Terra já não é boa" e suprime aquilo que a Terra foi.

Uma NOVA TERRA aparecerá e NOVOS CÉUS; e esta Nova ERA será o OITAVO Dia com os Meus Filhos salvos. O Deus do Eterno Amor terá um só rosto de Amor, e a cada um de vós Ele Mesmo dará o melhor.

 

NÃO TENHAS MEDO por aquilo que todos vós receais: Deus será a vossa Nova Terra, vós pertenceis-Lhe e, na Sua Infinita Bondade, aqueles que irão partir terão a mesma felicidade que os que permanecerem para repovoar a Terra: a mesma Felicidade e a mesma Alegria. Deus com eles, por toda a eternidade. Estando o VISÍVEL e o INVISÍVEL unidos para sempre, num único lugar, estarão DOIS aspectos n'UM e Deus EM tudo.

 

Tendo desaparecido o VELHO Mundo, tereis dificuldade em compreender o Mistério do Novo Mundo com Deus e em Deus. A nenhum dos Meus Filhos faltará a coragem, porque, justamente nesse momento, todos compreenderão o Meu Plano.

Eis-te, então, acalmada, porque o pior aguarda aqueles que Me tiverem renegado. NADA daquilo que te contei lhes diz respeito. Eles ir-se-ão para sempre, juntamente com o VELHO Mundo.

Que o Meu Pensamento seja Luz que ilumine o vosso futuro caminho, na Paz de Cristo, Alegria em Deus, o Eterno. AMÉM

 

 

 

O CORAÇÃO DE JESUS

Locução interior a J.N.S.R  - 11 de Novembro de 1989.

 

J.N.S.R.:

Senhor, que significa a visão interior que tive esta tarde, durante a Oração? 

 

JESUS:

“É este Coração, resplandecente de Luz, que vem do Meu Peito. Todos sois convidados a unir-vos a este Coração Divino que resplandece em toda a Terra, como um novo sol que aquece, pouco a pouco, todas essas Almas geladas que têm medo e tentam afastar-se do seu Divino Mestre: JESUS, o Cristo que deu a Sua Vida por essa multidão que agora Me foge de uma forma tão repugnante, a fim de se dirigir para tão nefastas margens, que têm a cor da tentação de mil nomes.

 

Eu não posso fazer NADA por aqueles que Me desprezam e tanto Me fazem chorar. Mas VÓS, Meus bem-amados, LEMBRAI-OS nas vossas Orações e dai-lhes o Amor que tendes no coração por Mim. Dizei, nas vossas Orações, em UNIÃO com todos os Santos do Céu e da Terra, esta Oração de Misericórdia Divina:

 

1. 

"SENHOR, abri as suas Almas, COM as palavras de Amor que Vos dirigimos, todos UNIDOS ao Vosso Sagrado Coração;    .

SENHOR, tende Piedade da sua fraqueza, acolhei-os no Vosso Sagrado Coração, COM os nossos sofrimentos, unidos à Vossa Divina Paixão;

SENHOR, aquecei essas Almas que têm a cor da tentação e da tristeza, COM as nossas angústias, que nos apertam o coração. Oh! Vós, Pai das Almas, com a Vossa divina Ternura, ESQUECEI a sua ingratidão e dai-lhes REFÚGIO no Vosso Coração Divino.

Tende PIEDADE de nós E de todos aqueles que Vos oferecemos, nas nossas Orações. Meu Deus, meu Pai, a minha Alma pertence-Vos, consolai-Vos com ela, que ela jamais Vos esquecerá e se ofereceu a Vós para Vos consolar sempre.”

 

JESUS apresenta-Se radiante de Luz, a mais resplandecente possível, e que não existe nessa vossa Terra. De fato, essa Luz vem do Céu e todo o Céu mergulha na Minha Luz Divina que sai do Coração adorável da Santíssima Trindade.

 

“UMA CHAMA ARDENTE ...”

 

Luz das Luzes, JESUS está ao vosso lado, a fim de vos guiar para essa Luminosidade Eterna, sem fim, para os Santos e Anjos de Deus, como PARA VÓS, Meus bem-amados, se seguirdes o Caminho que 'está diante de vós e que Eu Mesmo vos estou a abrir.

 

O CORAÇÃO DE JESUS é uma chama ardente: milhares de pequenas chamas se desprendem do Meu Coração Divino, a fim de vos cumular com este Fogo de Amor que vos guia por onde quer que Eu VOS chame.

A Coroa de espinhos que rodeia o Meu Coração Divino é sempre VISIVEL, pois é assim mesmo que o Mundo procede: todos os dias crava milhares de espinhos no Meu adorável Coração, trespassado por TANTAS ingratidões.

 

O Esplendor do Meu Coração é mais FORTE que as vossas armas destruidoras, que os Homens, sem amor, fabricam incessantemente. Deus está IRADO, pelo desprezo da Vida, e pede reparações ao Seu Sagrado Coração. Muitas Almas REZAM e dão TODA a sua vida pela Salvação da Humanidade pecadora.

Nesta batalha do Mal contra o Bem, JESUS sairá Vitorioso. Mas quantas Almas eleitas serão chamadas a dar a sua vida pela transgressão da Promessa que as Almas pecadoras fizeram a Deus, no dia do seu Batismo; e mesmo durante a vida, antes de cair brutalmente no horrível pecado de não servir mais a Deus, de não mais O ouvir, de se revoltar contra a Sua Divina Majestade!

 

“O TEMPO DA JUSTIÇA...”

 

Desejaria TANTO poupar o vosso Mundo!... Mas é este o momento em que tudo se DEVE decidir. O Meu Coração tem o dever de entregar OS VALORES nas Mãos do Pai, para a decisão FINAL.

 

JÁ NÃO POSSO fazer-vos promessas... O Tempo das conversões está a acabar, e a Justiça Divina está às vossas portas.

Deus fará revirar este Mundo, que agora gira completamente ao contrário de toda a ORDEM divina; a Sua Mão cairá sobre certas partes desse CÚMULO de desobediência a Deus, de rejeição de Deus, de corrupção e transgressão das Minhas ordens divinas.

 

NÃO MAIS POSSO deter aquilo que está já a cami­nho, de forma a chegar a essa finalidade em Deus;

JÁ NÃO POSSO prometer-vos que restabelecerei todas as coisas, pois serão poupados APENAS aqueles que tiverem empreendido este Caminho de Luz, aqueles que tiverem seguido as Santíssimas Leis de Amor no Pai, no Filho e no Espírito Santo.

 

O CAOS vai-se transformando num verdadeiro, num AUTÊNTICO TERROR: por toda a parte se levantam gritos e lamentos. Consagrando-vos ao Meu Coração Divino, apesar desta escuridão TOTAL, vós VEREIS; a Minha Luz Eterna vos guiará. Os Filhos da Luz conduzirão MUITAS almas a Deus. Nesse estrondoso DILÚVIO de pedras, de terra e de fogo, Deus acenderá o Seu Fogo de Amor; a fim de apagar o fogo devastador que Ele Mesmo permitiu, e que os Homens sem valor acenderam, para destruir o Patrimônio de Deus.

 

Estas ondas, que gritam de raiva, subiram até às nuvens, onde os Santos, que ouvirão os gritos de súplica, no meio de tantos ruídos de loucura, se irão ajoelhar, para implorar a Misericórdia Divina sobre a vossa Terra. Virão dias de loucura que darão lugar a uma desordem indescritível de juízos humanos: nem sequer se tentará ver de onde vem uma tal desordem.

 

Então, descerá o Espírito Santo, para iluminar as Almas que receberam o Divino Sacramento do Batismo, para ainda procurar reconduzir Almas a Deus Omnipotente.

 

Esta batalha durará dias sem fim, nos quais o sangue e o medo prevalecerão. Os Meus Santos Anjos, então, acabarão com este sarrabulho de incompreensão e indicarão a todos de onde vem o Mal. Depois, Deus enviará Sua Santíssima Mãe, com São Miguel Arcanjo, para indicar "Quem" vos salvou. Tereis, assim, a possibilidade de pronunciar o Nome de Deus com as vossas próprias bocas, ainda manchadas pelas injúrias, SE QUISERDES salvar-vos. O Tempo, de fato, chegou à sua fase final.

 

SÓ aqueles que pronunciarem, mesmo no último momento, o Nome de Deus Salvador, serão ainda poupados ao fogo eterno do Inferno.

 

 

"DEUS É O SENHOR DO VOSSO MUNDO..."

 

 

Os fundamentos em que Eu, logo a partir da origem, estabeleci a Terra começam a desmoronar-se, uma vez que TUDO se rebela perante a rejeição de Deus. Deus é o Senhor do Mundo e de tudo o que ele contém; céus e terra são obras de Deus; nem sequer UMA pedra que existe pode rejeitar a sua origem; por mais força de razão, os Homens devem compreender, pelo seu próprio raciocínio, de onde vêm e aonde têm de regressar.

 

Eu dei-lhes a RAZÃO e eles têm NECESSIDADE de Mim; se Me rejeitam, rejeitam a sua própria Razão... que provém de Mim. Eu Mesmo FAREI DESMORONAR, com os Meus próprios elementos, as BASES da vossa própria vida, a fim de que quem quer que tenha a capacidade de compreender, se dê conta de que se não pode DESTRUIR a Harmonia Divina do Mundo, sem DESFAZER a harmonia do vosso Planeta.

 

TUDO é de Deus: fazendo chacota d'Ele e ignorando­O, vós pusestes fora do seu lugar o eixo central da grande "construção da Terra", que foi posta em movimento pelo Criador, vosso Deus Três vezes Santo. JESUS Cristo deu a Sua Vida pelo resgate dos vossos pecados, origem da vossa própria destruição. JESUS suporta o mundo pela Sua Misericórdia Divina. O Seu Amor faz-vos Herdeiros do Reino de Deus, Seu Pai, Pai que Ele vos deu para O amardes e adorardes, como Ele Próprio vo-lo ensinou, na Terra.

 

Deus Criador É Amor. O Amor não morre NUNCA. DEVEIS reentrar nesse Amor, para que tudo funcione, na grande máquina do Universo. Vós mesmos lhe estais despedaçando as engrenagens e o mundo assim desmorona-se. Seria necessário, a partir de agora, INVENTAR um Amor mais poderoso, para que o EQUILÍBRIO se recuperasse IMEDIATAMENTE.

 

Mas torna-se impossível, a cérebros fechados à Inteligência divina, compreender o que vos falta: só o Amor poderá recuperar TUDO. Quando ireis vós compreender que Deus-Amor e Amor-Homens estão ligados e verdadeiramente soldados, nesta Construção Divina?

 

O Homem, revoltado, desconcertou esta engrenagem; Deus, para a reparar, terá de vos manifestar o que vos acontece; e para vo-lo explicar, Deus deixa-vos sós, entregues à vossa própria loucura.

Eu virei DEPOIS desse grande fracasso. SÓ os Meus amados Me irão Reconhecer. Porque o Meu Amor, por fim, vencerá, com todos os Meus Eleitos, escolhidos pelo Mundo inteiro, para aguardar a Minha Vinda Real e o Meu Reino, que não MAIS terá fim, NA vossa Terra.

 

JESUS O Cristo REGRESSA. Amém.

 

 

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças