:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

Os Sinais do Apocalipse.

www.obradoespiritosanto.com

 

            Diz a Sagrada Escritura:

            Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu. ( Lc, 21, 11)

Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação. (Lc. 21, 28)

 

Então verão o Filho do Homem vir sobre uma nuvem com grande glória e majestade. (Lc. 21, 27)

 

Vestindo máscaras, suspeitos de ter a nova gripe esperam por atendimento

em pronto-socorro de hospital de Buenos Aires. 30/06.

Número de mortes por gripe na Argentina sobe para 100

11.07.09 Pelo menos 100 pessoas morreram até o momento na Argentina, em decorrência de gripe suína, segundo cálculos extra-oficiais feitos neste sábado, com base nos dados divulgados por autoridades sanitárias de diferentes províncias do país. O Ministério argentino da Saúde não divulga, desde quinta-feira, um novo relatório oficial sobre a quantidade de óbitos pela doença, que até esse dia chegava a 82.

No entanto, nas últimas horas, autoridades sanitárias de várias províncias informaram sobre 18 novas mortes, com as quais o número total chega a 100. Os distritos nos quais há maior quantidade de falecidos são Buenos Aires, onde vive a maior parte da população nacional, e Santa Fé, no centro do país.

O ministro argentino de Saúde, Juan Manzur, reiterou nesta sexta-feira que as consultas e hospitalizações pela doença estão diminuindo tanto na capital, quanto na província de Buenos Aires, mas aumentaram no resto do país. Manzur estima que aproximadamente 100 mil pessoas tenham sido infectadas pelo vírus da gripe na Argentina.

Devido à pandemia, a capital e a maior província do país decretaram emergência sanitária, além de restringir e suspender as atividades nas escolas, universidades, teatros e tribunais, entre outras. Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Fonte: Terra Notícias.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças