:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

Os Sinais do Apocalipse.

 

            Diz a Sagrada Escritura:

            A terra está cheia de adultérios e está em luto esta terra maldita... (Jr 23,10)

     “Pois bem! Eis o que diz o Senhor Javé: em minha indignação, desencadearei um furacão, em minha cólera, vou mandar uma tempestade, em meu furor de destruição, farei cair granizo.” (Ez. 13,13)


Pais tentam proteger crianças da chuva que alagou ruas em Melbourne

Forte tempestade paralisa a cidade australiana de Melbourne

06/03/10: Uma violenta tempestade, com chuvas e ventos forte e queda de granizo, paralisou neste sábado a cidade australiana de Melbourne, que teve ruas inundadas e várias competições esportivas paralisadas.

Em apenas 18 minutos, água e granizos do tamanho de bolas de golfe fizeram com que a cidade parecesse estar sob uma nevasca. Alguns moradores relataram que ventos cíclicos unidos à tempestade fizeram Melbourne "escurecer de forma apocalíptica".

"Tudo ficou quase negro, e quando passou o temporal, só se podia ver branco", indicou à rádio ABC um cidadão que estava assistindo corridas de cavalos no hipódromo de Melbourne. O evento foi cancelado, assim como uma partida de futebol australiano e outros eventos a céu aberto.

Ao mesmo tempo, persistem as chuvas torrenciais no estado de Queensland, no nordeste do país, que esta semana sofreu as maiores precipitações desde 1890. St. George, um pequeno povoado de três mil habitantes, está totalmente submerso, e as águas do rio Balonne subiram até 13,5 metros de altura.

Fonte: Terra Notícias.

 

       © Últimas e Derradeiras Graças