:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

ÂNGELUS DO PAPA BENTO XVI.

"CERTAS VEZES DEUS PERMITE
QUE SEJAMOS PROVADOS PELA DOR"

07.03.10: Cidade do Vaticano - Ao retornar da Paróquia de São João da Cruz, onde celebrou a missa dominical, o Papa rezou com os fiéis presentes na Praça São Pedro a oração do Ângelus.

No breve discurso proferido antes da prece mariana, o pontífice convidou os fiéis a refletirem sobre as desventuras e os eventos funestos: “Estes não devem ser para nós motivo de curiosidade ou de busca dos culpados, mas sim uma ocasião para refletir, para vencer a ilusão de viver sem Deus e para reforçar, com a ajuda do Senhor, nosso compromisso em mudar de vida”.

“Diante de sofrimentos e de lutos, a autêntica sabedoria é deixar-se interpelar pela precariedade da existência e ler a história humana com os olhos de Deus, o qual, querendo sempre e exclusivamente o bem de seus filhos – e como prova do projeto imperscrutável de seu amor – certas vezes permite que sejam provados pela dor, para em seguida conduzi-los a um bem maior”.

O papa assegurou aos fiéis que “diante do pecado, Deus se revela misericordioso, recordando os pecadores a evitar o mal, a crescer em seu amor e a ajudar concretamente o pobre desamparado a viver a alegria da graça e não ir ao encontro da morte eterna.”

Em francês, Bento XVI expressou seu pesar pela morte e a destruição causadas pela passagem da tempestade Xynthia na costa atlântica da França, que nos últimos dias, provocou 53 vítimas.

Enfim, o papa desejou a todos um ‘bom domingo’, e concedeu aos presentes, ouvintes e telespectadores a sua benção apostólica.

Fonte: Rádio Vaticano.

 

       © Últimas e Derradeiras Graças