:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

ORAÇÃO, PENITÊNCIA E CONVERSÃO.

A “exigente e consoladora mensagem” que Nossa Senhora deixou em Fátima” está impregnada de esperança.

NÓS TE AMAMOS SANTO PADRE!

Papa Bento XVI na audiência geral.

19.05.10: A mensagem de Fátima. O Papa compartilhou com os milhares de peregrinos reunidos na Praça de São Pedro para a Catequese desta quarta-feira, (19) a sua recente Viagem Apostólica.

"Queridos irmãos e irmãs,

Gostaria de compartilhar convosco um pouco da minha recente Viagem Apostólica a Portugal, por ocasião do décimo aniversário da beatificação dos Pastorinhos Jacinta e Francisco. A visita teve início em Lisboa; durante a Santa Missa, falei da necessidade dos cristãos serem semeadores da esperança. Seguindo para Fátima, peregrino com os peregrinos, lá apresentei ao Imaculado Coração Maria as alegrias e esperanças, os problemas e sofrimentos do mundo inteiro.

No do dia 13 [treze], aniversário da primeira Aparição de Nossa Senhora, durante a celebração da Eucaristia lembrei na homilia que as aparições nos falam de uma mensagem exigente e consoladora, centrada na oração, na penitência e na conversão, que nos leva a superar as dificuldades da história, convidando a humanidade a cultivar a grande Esperança. E a viagem concluiu-se na histórica cidade do Porto com a celebração Eucarística, insistindo no compromisso para a missão. E de lá me despedi de Portugal, manifestando o desejo de que a minha visita se tornasse incentivo para um renovado impulso espiritual e apostólico.

Na alocução mais desenvolvida, em italiano, Bento XVI pedindo a todos que se lhe associem na oração de ação de graças pelo êxito da viagem, declarou confiar ao Senhor “os frutos já suscitados e os que há de suscitar na comunidade eclesial portuguesa e em toda a população. Especial referência mereceu a etapa de Fátima, “cidadezinha caracterizada (disse) por uma atmosfera de verdadeiro misticismo, em que se adverte de um modo quase palpável a presença de Nossa Senhor”. A sua presença em Fátima teve como ponto culminante a celebração eucarística de 13 de Maio.

“Convidei aquela imensa assembléia, recolhida aos pés da Virgem, com grande amor e devoção, a alegrar-se plenamente no Senhor, pois o seu amor misericordioso é a nascente da nossa esperança. E é precisamente de esperança que está profundamente impregnada a mensagem – exigente e ao mesmo tempo consoladora – que Nossa Senhora deixou em Fátima. É uma mensagem centrada na oração, na penitência e na conversão, que se projeta para além das ameaças, dos perigos e dos horrores da história, para convidar o homem a ter confiança na ação de Deus, a cultivar a grande Esperança, a fazer a experiência da graça do Senhor para se enamorar dele, fonte de amor e de paz”

Declarando que “a peregrinação a Portugal” constituiu para si “uma experiência tocante e rica de dons espirituais”, uma “viagem inesquecível”, até pelo “acolhimento caloroso e espontâneo” acolhimento” e pelo “entusiasmo” das pessoas." Louvo o Senhor porque Maria, aparecendo aos três Pastorinhos, abriu no mundo um espaço privilegiado para encontrar a misericórdia divina que cura e salva.

”Neste Ano Sacerdotal, que se aproxima do fim, encorajei os sacerdotes a darem prioridade à religiosa escuta da Palavra de Deus, ao conhecimento íntimo de Cristo, à intensa celebração da Eucaristia, olhando para o luminoso exemplo do Santo Cura d'Ars. Não deixei de confiar e consagrar ao Imaculado Coração de Maria, verdadeiro modelo de discípula do Senhor, os sacerdotes espalhados por todo o mundo.

Em Fátima, a Virgem Santa convida todos a considerarem a terra como lugar da nossa peregrinação para a pátria definitiva, que é o Céu. Na realidade, todos somos peregrinos, temos necessidade da Mãe que nos guia. “Contigo caminhamos na esperança. Sabedoria e Missão” era o lema da minha viagem apostólica a Portugal, e em Fátima a bem-aventurada Virgem Maria convida-nos a caminhar com grande esperança, deixando-nos guiar pela “sapiência do alto”, que se manifestou em Jesus, a sabedoria do amor, para levar ao mundo a luz e a alegria de Cristo".

E concluamos esta crônica da audiência geral com a saudação conclusiva do Papa aos peregrinos de língua portuguesa:

"Amados peregrinos vindos do Brasil e demais países de língua Portuguesa, que a intercessão de Nossa Senhora de Fátima, que em vossos países é venerada com tanta confiança e firme amor, possa ajudar-vos a viver com mais empenho a vossa vocação de testemunhas do Evangelho da verdade, da paz e do amor. Sirva-vos de conforto a minha Bênção."

Fonte: Rádio Vaticano.

 

       © Últimas e Derradeiras Graças