:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

A PROTEÇÃO DE

 

NOSSA SENHORA EM FIORANO

 

 

www.obradoespiritosanto.com

         Onde: Itália.

 

         Quando: 1558, 1630, 1855.

 

            A quem: A milhares de pessoas.

 

         Os fatos:

 

         Estes fatos iremos descrever a seguir, não se tratam de Aparições da Santíssima Virgem, mas demonstram claramente a Sua Ação amorosa, misericordiosa e poderosa como rainha dos Santos anjos, para proteger os Seus devotos em toda e qualquer adversidade.

 

         Os acontecimentos ocorrem na pequena cidade de Fiorano que pertence a Diocese de Módena.

 

         Em meados do século XV foi pintado no arco de na entrada do pequeno povoado, estilo de abóbada de castelo, a imagem de Nossa Senhora com o Menino JESUS nos braços.

 

          Passados em torno de cem anos, há 08 de Fevereiro de 1558, a cidade foi invadida e queimada por espanhóis. O fogo consumiu com tudo, a única exceção foi a imagem de Nossa Senhora pintada no arco. As chamas lá chegando dividiram-se respeitando a estampa de pintura que continuou perfeita, idêntica ao que sempre fora. Os soldados espanhóis ao presenciarem tão magnífico milagre ficaram apavorados, sendo que muitos fugiram abandonando a cidade e outros despencaram de joelhos clamando perdão aos Céus.

 

         O segundo episódio ocorreu em 1630, quando toda a região que compreendia a Diocese de Módena foi atingida por uma peste mortal, causando a morte de milhares de pessoas. Em muitas cidades poucas pessoas conseguiram sobreviver. O povo de Fiorano ao tomar conhecimento da tragédia que avançava em direção a eles passou a se aglomerar sob a pintura milagrosa do arco e chamar a proteção de Nossa Senhora; inclusive fazendo a promessa de ali construir uma capela, se a Santíssima Virgem os salvasse do perigo que chegava. A mãe de Deus os ouviu e atendeu, pois em Fiorano NENHUMA pessoa morreu da peste. Em toda a região foi milhares de mortos.

 

         A terceira grande graça que esse povoado alcançou foi em 1855, quando a região foi desta vez assolada por uma terrível epidemia de cólera. Como já tinham feito seus antepassados a 225 anos, foram todos novamente clamar o auxilio de Nossa Senhora. Mais uma vez a misericordiosa Mãe os escutou e agiu. De novo NENHUM morador foi atingido pela doença, que somente nessa região dizimou centenas de vidas.

 

         Pelo menos este foi um povo grato, pois em 1630 já tinham construída  uma Capela como pagamento da promessa, e depois de 1855 finalizaram a construção de um Santuário em honra a Virgem do Castelo, que até hoje lá está testemunhando o Amor da Mãe Celeste pelos Seus filhos.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças