:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

wpe17.jpg (3151 bytes)

A Virgem das Lágrimas

Aparição de NOSSA SENHORA EM SIRACUSA

Itália - 1953.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

Onde: Na Itália.

 

Quando: Em 1953.

 

A quem: Ao casal Ângelo Iannusco e Antonina Giusto.

 

Os fatos: Esta ocorrência não se trata de uma aparição visual de Nossa Senhora, mas sim de um outro tipo de manifestação não menos importante e comprovadamente autêntica.

        

        Na residência de Ângelo Iammusco e Autorina Guisto, em Siracusa, Sicília, no dia 29 de agosto de 1953, data em que a Igreja relembra o martírio do precursor, São João Batista de um quadro de gesso do Imaculado Coração de MARIA:

        

          começaram a brotar lágrimas; ininterruptamente por 75 horas.

 

As lágrimas foram submetidas a exames bioquímicos e comprovou-se serem de origem humana. No início era grande o número de pessoas que visitavam o quadro, inclusive, pela fé, colhendo o precioso e divino líquido que era levado para ser colocando em contato com pessoas acometidas das mais diversas moléstias; e esses alcançavam a cura.

        

         A divulgação desses milagres fez com que, em pouco tempo, mais de dois milhões de devotos se colocassem frente ao divino quadro.

        

        Após investigações e avaliações, os bispos da Sicília, por unanimidade concluíram que se tratava de um fenômeno sobrenatural e autorizaram no local o culto a Nossa Senhora, “A Virgem das Lágrimas”.

        

            A rádio Vaticano, em 17 de outubro de 1954, levou ao ar as palavras emocionadas do Papa Pio XII, que dizia o seguinte:

 

“Compreenderão os homens e arcano linguajar daquelas lágrimas? Oh! As Lágrimas de Maria! Eram no gólgota lágrimas de dor pelo seu Jesus e de tristeza pelos pecados do mundo. Chora Ela ainda pelas renovadas Chagas produzidas no Corpo Místico de Jesus? Ou chora por tantos filhos, nos quais o erro e a culpa apagaram a vida da graça e gravemente ofendem a Majestade Divina?

         A emoção dos filhos, leigos e eclesiásticos, pelas lágrimas de sua amada e amorosa Mãe Celeste, fez com que erguessem, em Siracusa, um imenso Santuário de 74 metros de altura, em forma de gota descida do Céu.

        

            Oh! Mãe das Dores, rogai por nós!

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças