:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.
 

Aparição de NOSSA SENHORA EM TRÉ FONTANE

 

 

Itália - 1947.

 

www.obradoespiritosanto.com

 

Onde aconteceu: Na Itália.

 

Quando: Em 1947.

 

A quem: Bruno Cornachiola.

 

Os fatos: Em Roma existe um parque denominado “Tre Fontane”. Nesse local, que possui também uma gruta, segundo a tradição católica, foi onde ocorreu o martírio de São Paulo, ou seja, a sua decapitação.

         Decorria o dia 12 de abril de 1947 e Bruno Cornachiola encontrava-se em visita ao parque, junto com seus três filhos. Ele tinha se tornado um perseguidor do catolicismo, desde que voltara da guerra civil na Espanha, onde fora influenciado por um protestante alemão radical. Ao retornar a Itália, além de infernizar a vida da esposa que era muito católica, queimando crucifixos e imagens de santos, estava determinado a matar o papa. Nesse dia, enquanto os filhos brincavam, escrevia os últimos detalhes de uma conferência que faria, para atacar Nossa Senhora, procurando demonstrar que Ela não seria Virgem, nem Imaculada e que não fora levada ao Céus.

Nesse momento os filhos maiores vem avisá-lo do desaparecimento do irmãozinho caçula. Saem todos a procurá-lo. Os meninos entraram na gruta, no intuito de achá-lo, e o encontram de joelhos, repetindo a seguinte frase:

 

“Bela Senhora! Bela Senhora!”

 

Em seguida, os outros dois também caem de joelhos, e passam a repetir:

 

“Bela Senhora! Bela Senhora!”

 

Bruno, que nesse instante já procurava pelos três, entra também na gruta, e vê seus três filhos de joelhos e repetindo a frase. Então ao vê-los daquele estado, exclamava: “Deus, salva-nos! “Imediatamente sente duas mãos tocando-lhe os olhos e os fecha. Ao reabri-los também ele vê a “Bela Senhora” que tanto atacava.Uma grande emoção toma conta do coração.

 

Nossa Senhora tem na mão direita uma Bíblia, e diz-lhe as seguintes palavras:

 

 “Eu sou a Virgem da Revelação. Tu me perseguiste, agora basta! Entra na Santa Grei. O Deus prometido é e fica imutável. As nove sexta-feiras ao Sagrado Coração que fizeste forçado pelo amor de tua fiel esposa, antes que tu tomasses definitivamente a estrada do erro, te salvaram”.

        

        Nossa Mãe indica-lhe ainda um padre para assisti-lo, e passa-lhe uma mensagem para levar ao Papa. Depois de mudar radicalmente suas atitudes anti católicas, Bruno, depois de um longo tempo, encontrou o sacerdote aconselhado por Nossa Senhora.

         O encontro com o papa Pio XII ocorreu em 09 de dezembro de 1949 para o entrega da mensagem. O santo padre acolheu a tudo com total crença, pois já tinha conhecimento através de Luigina Sinapi, que falaremos a seguir, do que aconteceria com Bruno. Inclusive foi sua Santidade que abençoou a primeira imagem da Mãe de Deus colocada na gruta.

         Em 05 de maio de 1947, enquanto seu arrependido filho de joelhos, agradecia por todas as graças recebidas, Nossa Senhora apareceu sorrindo, porém nada falou. Na gruta ocorreram ainda outras Aparições para ele. Em uma delas a Santíssima Virgem pediu:

 

“Neste lugar, quero ter um Santuário e ser venerada com os novos títulos: Virgem da Revelação e Mãe da Igreja. A Minha Casa deve estar aberta para todos, a fim de que possam entrar nela, a Casa do socorro, e se converterem. Os sedentos e confusos virão aqui para rezarem e encontrarem o sentido da vida”.

        

Nossa abençoada gruta do parque tré fontane, de Roma em 1937, ou seja, dez anos antes da Aparição a Bruno, a Santíssima Virgem Maria apareceu a Luigina Sinapi, e disse-lhe:

 

“Eu retornarei a esse lugar para converter um homem que lutará contra a Igreja de CRISTO, e desejará assassinar o Santo Padre. Vai agora à Basílica de São Pedro e lá encontrarás uma religiosa que te fará conhecer o seu irmão, que é um cardeal. A ele deves levar a mensagem. Deverás dizer ao cardeal que logo mais ele será o novo papa”.

 

O cardeal Eugênio Pacelli, futuro papa Pio XII, após inteirar-se dos fatos, através de sua irmã, afirmou: “Se são flores, florirão...” Depois disso, e a confirmação da profecia de Nossa Senhora, o papa Pio XII recebeu Luigina por diversas vezes. A Mãe de Deus também a Luigina deixou muitas mensagens. Em uma delas, disse:

 

“Eu sou a Mãe de Deus, e por isso a Mãe de todos os homens; e também tua. Sofra e expie por todos os povos. Eu vos levarei a todos, com o Meu amor, a Jesus. Para aqueles que tu me confiaste, Eu digo: Sede fortes e tomai os sofrimentos com mais amor. Os homens devem compreender que os sofrimentos preparam para as graças...”

        

         Concluímos, pedindo para que todos façam a devoção as nove primeiras sexta-feiras do mês, em honra ao Sagrado Coração de Jesus, pois o Deus Misericordioso e fiel não esquecerá. Também os nove primeiros sábados serão inesquecíveis no Imaculado Coração de MARIA.

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças