:: Página Principal.
:: Documentário da Igreja.
:: O Poder da Santa Missa.
:: O Poder do Santo Rosário
:: Aparições de N. Senhora.
:: A Vida dos Santos.
 
:: As Grandiosas Orações.
:: As Orações e Promessas.
:: As Devoções.
 
:: O Relógio da Paixão.
:: A Divina Misericórdia.
:: A Mediação de Maria.
 
:: A Catequese do Papa.
:: Guerreiros da últ. Ordem.
:: Os Sinais do Apocalipse.
 
:: O Estudo da Liturgia.
:: A Imitação de Cristo.
:: Confessai-vos bem.
 
:: Confissões do Inferno.
:: O Milagre de Lanciano.
:: A Contrição Perfeita.
 
:: Eucaristia ou Nada.
:: Beato João Paulo II.
:: Papa Bento XVI.
 
:: O Catecismo da Igreja.

Aparição de Nossa Senhora em Zeitoun

Egito – 1968.

 

www.obradoespiritosanto.com

 

Onde aconteceu: No Egito.

 

Quando: Em 1968.

 

A quem: A mais de quinhentas mil pessoas.

 

O fato: Zeitoun é uma cidade no subúrbio da capital egípcia, Cairo.

 

Os cristãos são minoria entre uma população majoritariamente muçulmana.

 

Segundo a tradição cristã quando a Sagrada família de Nazaré precisou ir para o Egito, fugindo da perseguição de Herodes, alojou-se na região chamada Mataria, hoje, Zeitonn.

 

No passado para marcar o local que hospedou tão importantes visitantes foi construído um santuário denominado Igreja de Santa Maria.

 

Após ser destruída e reconstruída por diversas vezes, caiu no esquecimento até 1925.

 

Ainda conforme a tradição cristã da região, em 1925 um integrante da família Khalil recebeu, por revelação, um pedido da Mãe de Deus para uma nova reconstrução da Igreja ali naquele mesmo lugar.

 

A Igreja de Santa Maria foi erguida após doação do terreno pela família khadil, porém já passavam –se 43 anos e a referida profecia ainda não tinha se cumprido em tempo, quando Nossa Senhora pediu a Igreja disse que nela se manifestaria.

        

A promessa começou a se cumprir em 02 de abril de 1968 quando dois funcionários de uma oficina mecânica, situada próxima da Igreja, viram no alto do telhado do tempo uma “freira” com um vestido branco. Pensando que ela ia jogar-se chamaram rapidamente o padre e a policia.

        

De imediato formou-se uma grande movimentação e as pessoas pediam para a “freira” não pular. Muitas comentavam que ela parecia ter um brilho... Após um certo tempo, lentamente desapareceu.

 

Com isso várias pessoas concluíram tratar-se de uma Aparição da Virgem Santíssima.

 

 

Depois de uma semana voltou a ser vista no alto da Igreja. E assim continuou acontecendo, espaçadamente, até o ano de 1970.

 

Já nessa época verdadeiras multidões se reuniram para ver e fotografar tão grandioso fato. Nossa Senhora pairava no telhado e contornavam indo de uma lado para outro, fazendo as pessoas na rua acompanharem seus deslocamentos com muito entusiasmo e alegria. A mãe de Deus também saudava e abençoava as pessoas, que se ajoelhavam prontamente. Chegavam a ser milhares.

        

 

Detalhes importantes:

 

__ As Aparições variavam de alguns minutos há muitas horas. Em 08 de junho de 1968, Nossa Senhora foi vista das 21hs até 04:30hs da madrugada do dia seguinte;

 

__ Em todas as manifestações nossa Mãe Celeste estava em meio a auras branco-azuladas que estendiam-se em todas as direções;

 

__ Nos instantes que antecediam a Aparição eram vistas explosões de luzes cintilantes, parecendo relâmpagos;

 

__ Muitas vezes formavam-se figuras de pombas e pássaros em torno da Aparição;

 

__ Também foi sentido fortemente o perfume de incenso em torno do local;

 

__ Raríssimas pessoas não conseguiam ver claramente a Rainha do Céu e da Terra;

 

__ Ocorreram muitas curas durante todo o período das manifestações;

 

__ Na época a mídia mundial divulgou o que estava acontecendo em Zeitoun, inclusive o New York Times, publicavam as fotos onde se via nitidamente a presença de Nossa Senhora no alto da Igreja.

As fotografias eram tão claramente convincentes que não davam nenhuma chance para os ateus e incrédulos perseguidores;

 

__ Em apenas uma das Aparições a multidão presente foi estimada em 250 mil pessoas;

 

__ Em sacerdote americano, Jerone Palmer, presenciou as Aparições diversas vezes;

 

__ O bispo Samuel afirmou: “A Aparição foi para toda a humanidade, pois, hoje em dia, a crença nos poderes espirituais está fraca.

 

Deus tenta, por todos os meios, reconstruir essa fé.

 

Nós estamos felizes, por todos os meios, reconstruir essa fé. Nós estamos felizes, não só por causa da Aparições, mas também por causa dos grandes fenômenos que as acompanhavam; de curas, de fortalecimento da fé, da vida piedosa”.

 

Nota: Quanta misericórdia e graças nosso amado Deus tem derramado sobre a humanidade. Como puderam deixar cair no esquecimento fatos de tamanha grandiosidade?

                   

                    “Eterno Pai tende piedade de nós”.

 

www.obradoespiritosanto.com

 

 

 

       © Últimas e Derradeiras Graças